Monday, July 12, 2010

Os novos candeeiros do Terreiro do Paço






Estes são os novos candeeiros do Terreiro do Paço. Primos direitos dos "magníficos" exemplares da Praça da Figueira e/ou do Campo Pequeno. Não se compreende nem aceita que a CML/Frente Tejo tenha pura e simplesmente deitado fora os candeeiros antigos e/ou não tenha encomendado réplicas de antigos, de maior dimensão (semelhantes aos da Praça do Município, Praça da Figueira e Rossio), de modo a embelezar o Terreiro do Paço, mesmo que apostasse numa fileira de exemplares modernos, altos e "amigos do ambiente" mas que passassem despercebidos. Não, preferiram deixar a "marca de designer" e torná-los o centro da atenção, qual elemento espúrio institucional. Uma palermice completa, exemplo de mau gosto e mau "fazer cidade". Na última foto pode-se ver uma das resistentes colunas de iluminação séc. XIX, possivelmente na calha para o abate como fizeram com as gémeas que pontilhavam as namoradeiras do muro ao longo do rio.

1 comment:

jose j said...

Reafirmando o que já comentei noutro blog- LX Cidadania- o design dos candeeiros parece inspirado em periscópios de submarinos que encalharam no Tejo. Para as gaivotas vai ser bom. Têm um novo poiso para a"cagadeira"....

A originalidade a todo o custo, sem cuidar do simbolismo da Praça leva a exageros deste género.
Ao contrário, veja-se o bom senso de Siza Vieira que recuperou candeeiros do século XIX para integrar na reabilitação do Porto.

Imagine-se este tipo de originalidade na Praça de S.Marcos em Veneza...